Páscoa: Não dê chocolate aos pets! Dê à Veterinaria!

Páscoa: Não dê chocolate aos pets! Dê à Veterinaria!
by

Brincadeiras à parte, está todo mundo cansado de saber que animal e chocolate não combinam, não é mesmo? Com a páscoa chegando, muita gente se sente em tentação não só para comer chocolate como para oferecê-lo aos seus peludos. Mas cuidado: apenas um pouco do alimento pode fazer muito mal para um cão ou gato.

Os chocolates possuem uma substância derivada do cacau chamada teobromina, que pode levar os bichinhos em coma e até a morte. Enquanto nós, seres humanos, conseguimos digerir a substância, nos pets ela se acumula em níveis tóxicos rapidamente.
O chocolate meio amargo é o mais tóxico para qualquer animal e também o que demanda mais urgência no tratamento devido à sua alta concentração de cacau na fórmula, enquanto o chocolate branco quase não possui teobromina, mas possui altos níveis de açúcar e gordura, também se tornando inadequado para os animais.

Meu pet comeu chocolate – o que fazer?

Caso veja que seu animalzinho comeu chocolate ou note que ele apresenta sintomas como vômito, diarreia, tremores musculares, respiração fatigada, entre outros e há a suspeita de ingestão do produto, leve-o imediatamente a um médico veterinário. Não precisa se assustar caso seu pet coma apenas um confete no chão, lembre-se que a intoxicação depende da quantidade e do tipo de chocolate ingerido, levando em consideração também o peso do animal.

Guarde essas dicas, cuide bem do seu companheiro e tenha uma ótima Páscoa!

Share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp